Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




sim, admito. falo à moda do norte. já há muito tempo. é fruto da minha tendência para apanhar os sotaques, pronúncias e expressões típicas dos outros. tendência tramada para quem trabalha com pessoas de vários pontos do país, como foi o meu caso durante seis anos. às vezes carrego um bocado mais para me fazer entender melhor, mas a verdade é que eu falo assim porque a pronúncia e expressões daqui colam-se a mim como supercola e não adianta tentar descolar.

 

primeiro começas a repetir as expressões dos outros para brincar com eles, depois usas sem ser a brincar e quando dás por ela, já vais ir não sei aonde, porque tens de ir e tens e não estranhas quando ouves dizer que está dórido, que levou bácinas ou deu uma chinca. as expressões passam a ser tuas e já nem te lembras como é que dizias antes.

 

acalme-se o pessoal lá de baixo. da mesma forma que falo com a mesma pronúncia do ruca, também só preciso de 5 minutos abaixo do mondego para começar a dizer à melher, dinhere e é pá.

 

quanto aos palavrões. estes não saem com muita frequência. o marido ainda olha para mim com espanto quando me sai algum mais forte. mas são pensados com frequência. a minha cabeça pensa à norte e pensa asneira da grossa. é o que dá a vida militar, em particular os meses nos fuzileiros. é o que dá a convivência com o pessoal do norte. na tropa o palavrão é pontuação, aqui são usados como figuras de estilo, não ofendem ninguém. estou mais rica em expressões, podemos dizer assim. a verdade é que algumas expressões soam muito mal para quem está a ouvir mas sabem muito bem para quem as diz. poucas palavras espelham tão bem o estado de espírito da pessoa ou são tão libertadoras.

 

eu sou do sul (centro sul, vá). ele é do norte. tem uma pronúncia do norte, que eu adoro. palavrões incluídos. vivemos no norte, portanto, falamos à norte. palavrões incluídos.

Autoria e outros dados (tags, etc)



ana m.

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D