Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




sem botão off

27.06.17

querem ver que vou ter de arranjar alguém para me ver as escadas?! passa-se qualquer coisa com as escadas lá de casa. todos os dias é a mesma coisa.

 

os meus filhos não são aquele tipo de criança que chega à horinha e caem para o lado a dormir. não são, nunca foram, não me parece que venham a ser.

o que acontece é que eles passam todo o dia numa brincadeira pegada, a hora de jantar continua uma galhofa, depois de jantar lá acalmam um bocado, mas pouco. e não adianta se foi um dia comprido, se correram e saltaram muito ou pouco durante o dia, quando chega a noite não se vêem grandes demonstrações de cansaço. a única excepção foi uma vez numas férias em que, depois de um dia inteiro de piscina, se foram deitar sozinhos depois de jantar e sem ninguém lhes dizer nada.

 

nós até tentamos fazer como ensinam nos livros e tornar tudo mais calmo e tranquilo quando se aproxima a hora de deitar. banhinho relaxado, nada de televisão, pouca luz. mas não é nada fácil. o normal é andar num contra-relógio a tentar pô-los na cama cedo. 

 

e o que acontece é que por mais calmos, sossegados ou cheios de sono que estejam, aquelas criaturas ganham vida quando sobem as escadas. como se a cada degrau fossem carregando as suas pequenas baterias de puto e quando chegam lá acima estão com a carga a 100%. prontos para a loucura. falam, falam, falam, normalmente só parvoíces. depois riem, riem, riem. se não lhes pomos logo um travão num instante estão aos saltos em cima da cama.

 

isto só pode ser das escadas! não existe outra explicação

 

ainda ontem o mais novo subiu as escadas, foi lavar os dentes e só falava. bláblá, bláblá, rebeubéu, pardais ao ninho. sempre seguido quase sem parar para respirar. eu a tentar esfregar-lhe os dentes pergunto "mas tu não desligas?" e ele nada. continua bláblá, bláblá, bláblá e pelo meio da sua conversa responde, "para desligar tens de carregar aqui neste botão vermelho" e continua. só parou quando me viu a soluçar de tanto rir. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



ana m.

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D